segunda-feira, 1 de maio de 2017

***** AVISO DO MÊS DE JUNHO DE 2017*****


 XVII Encontro de MADA
 24, 25 e 26 de novembro de 2017


Relacionamento Abusivo

Você chama isso de amor? 


LOCAL: Pousada Berro D’àgua - Guapimirim - RJ

VALOR DO EVENTO:
R$420,00 (à vista)
6x R$70,00
4x R$105,00
2x R$210,00

Informações por e-mail: comitedeeventosmadarj@gmail.com


Para fazer sua inscrição, CLIQUE AQUI

Para endereços em outros Estados, acesse o Site do Mada Brasil:



Para acessar todos os Avisos do Mês: clique aqui



LEMA DO MÊS DE JUNHO DE 2017


 RECOMENDAR-SE A DEUS INCONDICIONALMENTE

Invoquemos o socorro e o amparo de Deus, sem pretendermos estabelecer quaisquer condições. Significa, na verdade, entregarmos nossa vida e nossa vontade aos Seus Cuidados, para sermos por Ele fortalecidas e guiadas segundo Sua Vontade e Sabedoria.

Fonte : Apostila de 12 Passos do MADA

sábado, 1 de abril de 2017

AVISOS EXTRAS DO MÊS DE ABRIL DE 2017

   

XVII Encontro de MADA
24, 25 e 26 de novembro de 2017

 Inscrições Abertas


Mais informações CLIQUE AQUI


______________________


FUNCIONAMENTO DOS GRUPOS

NO  FERIADO DO DIA 01/05/2017:



01/05 - Segunda-Feira:


     ·       GRUPO CENTRO - Fechado
·       GRUPO ANDARAÍ/TIJUCA - Fechado
·       GRUPO ALCÂNTARA - Fechado


______________________


FUNCIONAMENTO DOS GRUPOS DURANTE FERIADO DO DIA 21/04/2017:



21/04 - Sexta-Feira:


·       GRUPO BARRA - Fechado

22/04 - Sábado:

·       GRUPO NITERÓI SAÚDE - Fechado


______________________


FUNCIONAMENTO DOS GRUPOS DURANTE FERIADO DA SEMANA SANTA:



12/04 - Quarta-Feira:

·       GRUPO MÉIER - Fechado
·       GRUPO CAMPO GRANDE - Aberto
·  GRUPO NITERÓI CENTRO - Aberto (funcionando em novo endereço) clicar aqui para ver.

13/04 - Quinta-Feira:

·       GRUPO FLAMENGO - ainda não informado
·       GRUPO FREGUESIA - Fechado

14/04 - Sexta-Feira:

·       GRUPO GÁVEA - Fechado
·       GRUPO BARRA - Fechado

15/04 - Sábado:

·       GRUPO ANDARAÍ "SÓ POR HOJE" - Aberto
·       GRUPO NITERÓI SAÚDE - Fechado
·       GRUPO NOVA IGUAÇU - Aberto

16/04 - Domingo (Páscoa):

·       GRUPO TIJUCA SANTO AFONSO - Fechado
·       GRUPO BARRA - Fechado



Para endereços em outros Estados, acesse o Site do Mada Brasil:
www.grupomadabrasil.com.br




MAIO DE 2017

1 -  Próxima reunião de Intergrupo
DATA: 07/05/2017 - Domingo
Horário: 13:30 às 16:30
Endereço: Rua Barão de Mesquita, 763 – Andaraí
Paróquia São José (na sala do grupo “Só por Hoje”) próximo ao metrô: Uruguai.
Localização: Mapa

NÃO SABE O QUE É INTERGRUPO? CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS

LEMA DO MÊS DE ABRIL DE 2017

04. VIVER NA GRAÇA DE DEUS 


A sugestão desse lema é praticamente idêntica a o do terceiro passo. Afastados da graça de Deus tornamo-nos presas fáceis de descontrole emocional. Com sua aplicação em nossa vida diária, podemos avançar cada vez mais no processo de recuperação. Não mais experimentamos a sensação de estarmos sós e desamparadas quando nos entregamos de verdade aos cuidados do poder Superior a nós, ou Deus como cada uma O conceba.

Fonte : Apostila de Passos - MADA RJ

MEDITAÇÕES DIÁRIAS PARA MULHERES QUE AMAM DEMAIS - ABRIL 2017

MEDITAÇÕES DIÁRIAS PARA MULHERES QUE AMAM DEMAIS

1 de Abril
Precisamos lembrar que a vida neste mundo é como uma sala de aula e que, à medida que avançamos no aprendizado, as tarefas tornam-se cada vez mais complicadas.
Cada fase na escola da vida é necessário para o desenvolvimento final. Cada uma é um desafio, mas, tão logo tenhamos dominado um estágio devemos seguir para o próximo. Nenhuma de nós depois que tenha aprendido o que determinada fase tenha a nos ensinar, deseja permanecer para sempre no mesmo ponto. Em vez disso, avançamos ansiosamente para próxima série de estudos.
Portanto, se a vida parece muito difícil, tente lembrar que os desafios atuais indicam não apenas o que ainda há de aprender, mas também até onde você conseguiu chegar e quanto você já sabe. Aprender a não amar demais é, por exemplo, uma lição bem diferente do que aprender a não roubar.
Aprenda a não exceder os limites da compaixão. Entregue tanto a sua obstinação quanto a da pessoa a quem você ama a uma Vontade Superior. Esses desafios são tão sutis quanto profundos.

2 de Abril
Já que a natureza parece detestar o vácuo, tanto nas áreas do comportamento quanto das emoções humanas, como a física, não podemos simplesmente parar de amar demais sem colocar outro comportamento (esperamos que mais positivo) no luga.

3 de Abril
Quanto mais carinhosa e generosamente nos tratarmos, menores são as probabilidades de permitimos que alguém nos trate mal.

4 de Abril
Se você quiser salvar desesperadamente as pessoas a quem do sofrimento decorrente do comportamento dependente delas, pense na seguinte pergunta:

Quem poderia ter me salvado?

Provavelmente houve muitas pessoas que tentaram: amigas, sua mãe, irmã ou irmão, talvez até seus filhos... e possivelmente todo e sincero esforço deles só fez com que você afundasse mais.

Aprenda a honrar o processo transformador à medida que ele se revelar naqueles a quem você ama -e não a interferir.

5 de Abril
Temos o poder de nos dar amor e atenção: não é necessário esperar, vazias, até que apareça um homem para suprir essas coisas.

6 de Abril
Tentar recupera-se de uma dependência de relacionamento (ou de qualquer outro tipo de dependência) sem fé, é o mesmo que subir uma montanha íngreme de costas e com sapatos de salto alto.

7 de Abril
As vezes as pessoas precisam afastar-se. Mas se você se separar sem aprender a lição que o relacionamento está tentando ensinar-lhe, então terá que enfrentá-la de novo no próximo relacionamento, e de novo no seguinte.
Quando conseguir aceitar um homem exatamente como ele é, sem raiva ou
ressentimento, sem querer mudá-lo ou puni-lo, sem tomar como pessoal o que ele faz ou deixa de fazer, você terá aprofundado a alma e recebido o presente que esse relacionamento tem tentado lhe dar.
Após ter aprendido a lição, descobrirá que ficar ou ir embora não é, de maneira alguma, a questão mais importante.

8 de Abril
Quando perseguimos um homem que não consegue amar-nos, precisamos reconhecer que há um elemento predatório na caçada sexual, um desejo de subjugar outra pessoa por causa de nossa própria necessidade.

9 de Abril
Em razão de a recuperação de uma dependência de relacionamento exigir um esforço tão rigoroso e ainda ser difícil de avaliar eficientemente, é muito mais fácil para os dependentes de relacionamento afirmar a própria recuperação do que realmente realizá-la.

É tão tentador nos ver como plenamente recuperadas quando, de fato, mal começamos o que se tornará um processo vitalício de mudança e crescimento, luta e autoconhecimento. 

Uma das chaves para a recuperação está em reconhecer que ela e nós seremos sempre um processo, nunca um produto acabado.

10 de Abril
Estamos aqui para crescer, aprender e despertar.

11 de abril
Quando ficamos de alguma forma traumatizadas, há sempre o impulso (geralmente inconsciente) de recriar a situação traumática e, dessa vez, triunfar, obter ascendência sobre o que nos derrotou antes.
Quanto maior o trauma que sofremos, mais poderoso é o impulso de recriá-lo e, dessa vez, sobrepujá-lo. Isso é um caminho para a compulsão.

12 de Abril
Na recuperação não telefonamos mais para um homem para dizer-lhe que não queremos mais falar com ele.

13 de Abril
O que conhecemos em nossa família sempre será mais confortável para nós, não importa como essa família era doentia. A conseqüência natural é que escolhemos, em nossos relacionamentos adultos, aquilo que já nos é familiar. Afinal de contas, a palavra ‘familiar’ deriva do conceito de família.

14 de Abril
Nossa recuperação deve sempre ser nossa prioridade máxima se quisermos poder ajudar. Para que possamos dar algo, é preciso que o tenhamos.

15 de Abril
Se quiser verdadeiramente se recuperar de um amor excessivo, deve assumir a responsabilidade pelo fato de ter escolhido seu parceiro e compreender que existem lições a aprender nesse relacionamento. A primeira lição é como deixar de lado a determinação de mudar outra pessoa.
A necessidade impulsiva e irresistível de fazer alguma coisa – causar algum tipo de mudança em outra pessoa – é um dos elementos mais destrutivos numa dependência de relacionamento.
Você pode dizer honestamente que toda tentativa de pressionar seu parceiro a mudar foi amorosa em vez de coerciva e manipuladora?

16 de Abril
Uma mudança exige, não o prodigioso, dramático e temporário ataque ao problema, mas uma entrega e um compromisso diário.

17 de Abril
Quando sentimos possuir a resposta para outras pessoas, que elas estão erradas e nós estamos certas, estamos sendo hipócritas, um modo de ser que não pode coexistir com a humildade e a renúncia necessárias para nossa recuperação.
Sendo hipócritas, acreditando que sabemos exatamente o que é a verdade, no que diz respeito ao certo e o errado, infelizmente, podemos ser uma das mais impenetráveis barreiras ao despertar de nossa própria condição. 

18 de Abril
Lembre-se de que são a raiva e o medo, e não o amor, que mantém a maioria das pessoas brigando de modo doentio uma com as outras.
Já que as pessoas podem divorcia-se e ainda assim continuar com essas brigas durante anos, a questão, obviamente, não se resume simplesmente em ficar ou ir embora.

19 de Abril
Se nossas relações com homens tem sido perigosa e dramática e começamos a nos recuperar e a nos afastar; nossos parceiros podem tentar insistentemente nos trazer de volta para batalha. E parte de nós que ainda quer vencer pode desejar voltar e tentar mais uma vez agindo do jeito familiar que bem conhecemos. Mas nós que somos dependentes de relacionamento devemos questionar bem de perto os motivos para voltarmos a nos envolver com pessoas perigosas que tem sido nossa 'droga'.

20 de Abril
O que devemos fazer para proteger nossas própria recuperação nem sempre é visto pelos outros como algo 'simpático'. Entretanto para viver com doenças relacionadas à dependência e co-dependência é necessário que as regras de etiquetas sejam suspensas e, no lugar, que as diretrizes da recuperação sejam seguidas.

21 de Abril
Não é o que dizemos a nossas filhas, mas o modo como nos sentimos e agimos o que fornece as instruções instintivas do que é ser mulher. Embora nossa recuperação da dependência de relacionamento não garanta que elas repetirão nosso exemplo, essa ainda é a melhor maneira de evitar que façam o mesmo. Na verdade, o melhor presente de uma mãe com dependência de relacionamento para sua filha é a própria recuperação progressiva.
Não é reconfortante saber que quanto mais cuidamos de nós, mais criamos oportunidade para que todas as pessoas ao nosso redor sejam verdadeiramente saudáveis e felizes?

22 de Abril
Uma definição prática de dependência pode ser: apesar da ampla evidência de que alguma coisa não é boa para nós, não conseguimos parar de nos envolver com elas.

23 de Abril
Certos tipos de dependência levam as pessoas a se decidir por carreiras que são reflexos de suas doenças, pois os dependentes freqüentemente tentam usar as carreiras como defesa contra a própria dependência. Esconder-se por trás do papel de "expert" pode ser um modo de defender-se contra a dor profunda e os segredos sombrios. Como é possível alguém ter problemas na área na qual é especialista? 
Os dependentes de relacionamento são mais comumente atraídos para carreiras relacionadas a profissões assistenciais. Muitas de nós, que escolhemos profissões que envolvem assistência aos outros, agimos assim por não estarmos bem. Usamos então o trabalho como uma maneira de nos concentramos na vida e nos problemas de outras pessoas, evitando encarar os nossos. 
Com a própria recuperação sobre controle, podemos oferecer o máximo aos outros. 

24 de Abril
Quando você aprende a desviar o comportamento obsessivo por outra pessoa, não resta mais nada para distraí-la dos próprios problemas, o que pode ser duro. Isso é difícil e assustador, mas você não se recuperará da dependência de relacionamento até que encontre coragem para se concentrar na própria vida, e não na vida de um homem.

25 de Abril
Para muitas de nós ficar com um parceiro dependente é mais fácil do que encarar a própria doença e empreender a recuperação.
Caso nossos parceiros comecem a recupera-se, devemos fazer o mesmo ou achar outro homem problemático.

26 de Abril
Qualquer tipo de dependência cria a pressão que torna a recuperação pessoal possível, pois a recuperação requer a renúncia de um vontade pessoal em favor de um Vontade Superior.
Ninguém consegue renunciar a vontade de outra pessoa e, conseqüentemente, ninguém consegue realizar a recuperação de outra pessoa. Na verdade, aqueles que tentam isso indubitavelmente precisam renunciar alguma coisa por si próprios.

27 de Abril
Depois de uma vida inteira de relacionamentos doentios, a mulher que ama demais, freqüentemente, sente-se pior nos primeiros estágios da recuperação, mesmo começando a melhorar. Isso porque ela começa a se afastar dos antigos padrões de pensamento e comportamento, que devem mudar para que ela possa se recuperar.

28 de Abril
Toda recuperação é um milagre que acontece por uma graça, mas não por acidente.

29 de Abril
Para nos curarmos precisamos encarar não apenas as lembranças de uma infância enterradas, mas também a dimensão de nossas escolhas e comportamentos inadequados como adultas.

30 de Abril
É comum para mulheres que amam demais ser deliberadamente vagas em relação ao comportamento e às inclinações de seu parceiro. Tal distração é perigosa.

          + 24 horas de SERENIDADE

sexta-feira, 3 de março de 2017

AVISOS DO MÊS DE MARÇO DE 2017

Avisos do Mês: clique aqui

 -  Próxima reunião de Intergrupo: 
DATA: 02/04/2017 - Domingo
Horário: das 13:30 às 16:30
Endereço: Rua Barão de Mesquita, 763 – Andaraí – Paróquia São José (na sala “Só por Hoje”) - metrô mais próximo: Uruguai. 

Para endereços em outros Estados, acessse o Site do Mada Brasil:

MEDITAÇÕES DIÁRIAS PARA MULHERES QUE AMAM DEMAIS - MARÇO 2017




1 de Março
          Quando aceitamos o que não podemos mudar e mudamos o que podemos, criamos para nós um clima saudável.

2 de Março
          Para parar de amar demais, você deve pôr de lado a fantasia de ser aquela pessoa que fará toda a diferença na vida desse homem. Essa necessidade é sua e não é saudável.

3 de Março
          O sexo é uma das ferramentas que nós, mulheres que amamos demais, usamos para manipular ou mudar nossos parceiros. Comportamo-nos sedutoramente para conseguir o que queremos e nos sentirmos ótimas quando isso funciona e terríveis quando não funciona. Não conseguir o que queremos geralmente nos faz tentar ainda com mais vigor.

4 de Março
          Nunca faça ameaças que não possa cumprir. Na verdade, nunca faça ameaça.

5 de Março
          Muitas de nós aprendemos que o sexo bom significa amor verdadeiro e que, inversamente, o sexo não poderia ser realmente satisfatório e agradável se o relacionamento como um todo não fosse adequado para nós. Nada poderia estar mais longe da verdade para mulheres que amam demais. Por causa da dinâmica que opera em todos os níveis de nossas interações com os homens, incluindo o nível sexual, um relacionamento difícil ou impossível pode realmente contribuir para o sexo torna-se excitante, apaixonante e irresistível.

6 de Março
          Quando nos sentimos responsáveis pelo comportamento do outro e não suportamos a culpa e a angústia, nós precisamos de ajuda para controlar nossos próprios sentimentos inquietantes, e não para controlar a vida de outra pessoa.

7 de Março
          Podemos ser compelidas a explicar à família e aos amigos como alguém que não é particularmente admirável ou mesmo simpático pode ainda assim provocar-nos um frêmito de expectativa e uma intensidade de desejo nunca igualados ao que sentimos por alguém mais gentil ou mais apresentável. É difícil explicar que estamos encantadas pelo sonho de provocar todos os atributos positivos -amor, cuidado, devoção, integridade e nobreza- que temos certeza de se encontrarem adormecidos dentro da pessoa amada, esperando para florescer no ardor de nosso amor.
          Como explicar que não estamos tão atraídas pela pessoa que ele é, mas por aquela que estamos convencidas de podermos ajudá-lo a ser? Como admitir a nós ou aos outros que amamos alguém que ainda não existe e estamos encantadas com o poder de fazê-lo aparecer?

8 de Março
          Melhor método para lidar com pessoas cujas vidas são incontroláveis é escrupulosamente evitar fazer-lhes qualquer coisa que elas possam fazer sozinha, se quiserem.

9 de Março
          Mulheres que amam demais freqüentemente dizem a si mesma que o homem com quem estão envolvidas nunca foi verdadeiramente amado antes, nem pelos pais, nem pelas ex-esposas ou ex-namoradas. Nós o vemos assim tão magoado e prontamente assumimos a tarefa de compensar tudo que estava faltando na vida dele antes de o conhecermos. Tomamos sua indisponibilidade emocional, ou raiva, ou depressão, ou crueldade, ou indiferença, ou violência, ou desonestidade, ou dependência, por sinais de que não são o suficientemente amados. Confrontamos nosso amor com seus defeitos, suas fraquezas e até mesmo sua patologia. Estamos determinadas a salvá-lo usando o poder do nosso amor.

10 de Março
          Nunca é tarde demais para curarmos a nós mesmas e nossos relacionamentos, mesmo com pessoas que já não estão mais vivas. As almas das pessoas perduram, exatamente como as nossas, e reagem às mudanças em nossos corações.
11 de Março
          Tudo o que realmente sabemos sobre maternidade é o que experimentamos com nossos pais, quando éramos crianças... e o que algumas de nós aprendemos com eles era mais sobre o que não fazer do que sobre como criar bem os filhos.
          Precisamos apreciar tudo -tanto de positivo quanto de negativo- que recebemos de nossos pais, porque tudo isso contribuiu de alguma maneira para nossos esforços consciente nesse complicado assunto do amor.

12 de Março
          O que há de mais secreto dentro de nós é também o mais universal. Todos têm segredos que precisam ser revelados, e, quando encaramos os nossos, ajudamos um clima no qual os outros possam fazer o mesmo. Quando trabalhamos para nos curar, ajudamos a disseminar a cura no mundo.

13 de Março
          Apenas a informação, não importa a sua gravidade, não é o suficiente para acabar com nenhum tipo de dependência.

14 de Março
          As doenças causadas pelas dependências, diferentemente das demais enfermidades, cercam todas as dimensões da pessoa afligia: emocional, espiritual e física. Com a mulher dependente de relacionamento, não é somente sua relação amorosa que é afetada. Suas interações com amigos, familiares, colegas de trabalho e filhos sofrem com sua obsessão por um homem. Sua saúde é prejudicada pelo estresse prolongado, e o contato com o seu lado espiritual diminui.

15 de Março
          Se você se esforçar muito para ajudar o seu homem, vai se surpreender agindo como a 'mãe controladora' com o 'filho travesso'.

16 de Março
          Pouquíssimas de nós que amamos demais temos convicção, no fundo do nosso ser, de que merecemos ser amadas simplesmente por existimos. Em vez disso, acreditamos que abrigamos defeitos e falhas terríveis e devemos fazer boas ações para compensar isso.  Vivemos culpadas por possuir essas deficiências e aterrorizadas com a possibilidade de isso ser descoberto.  Esforçamo-nos excessivamente para parecermos ótimas porque não acreditamos que isso seja verdade.

17 de Março
          Na dependência de relacionamento, um medo latente da intimidade coexiste com o medo ainda maior do abandono.

18 de Março
          Muitas mulheres que amam demais, também comem demais e gastam demais. As dependências não são discretas; elas se sobrepõem em suas origens físicas e emocionais. Na verdade a recuperação de uma dependência pode realmente acelerar a recuperação de outra.
          Felizmente os mesmos passo da recuperação se aplicam igualmente bem a todos os tipos de dependência.

19 de Março
          Mulheres que vêm de lares violentos tendem a escolher parceiros violentos; mulheres que crescem com o alcoolismo tendem a escolher parceiros com dependência química; e assim por diante. Uma dinâmica sempre presente na dependência de relacionamento é o impulso inconsciente de recriar o conflito do passado e, dessa vez, vencer.

20 de Março
          Uma vontade inflexível presente nos relacionamentos interpessoais pode ser dissimulada ao se assumir alternadamente o papel de quem ajuda e de quem é vítima.

21 de Março
          Até entendermos no fundo do nosso ser que um ou outro homem nunca será  a resposta para nossas dificuldades, seremos prisioneiras de nossos próprios padrões de relacionamento dependente.

22 de Março
          Toda mulher que ama demais pode parar com o comportamento obsessivo por um tempo, porém o controle permanente por meio da obstinação é uma ilusão fatal: a verdadeira recuperação só vem após a renúncia.

23 de Março
          Não existem acidentes aqueles com que estamos compulsoriamente ligadas -nossos pais e todo o resto.
          A dificuldade que pais e outros familiares podem personificar para nós são presentes de nossa alma para nossa personalidade. Pelo atrito gerado nesses inevitáveis relacionamentos, muitos dos nossos mais profundos defeitos de caráter  são eventualmente extintos.

24 de Março
          Devemos abandonar o papel que nos serve a tanto tempo e, sob certos aspectos, bem -o de vítima, mártir, libertadora e vingadora- ou talvez abandonar todos esses papeis sucessivamente.

25 de Março
          Existe uma velha piada sobre o homem míope que perde as chaves tarde da noite e procura por elas sob a luz de um poste. Outra pessoa se aproxima e oferece ajuda, mas antes pergunta: “Tem certeza de que foi aqui que as perdeu?” Ele responde: “Não, mas é aqui que está iluminado”.
          Assim como o homem da piada, você está procurando o que falta em sua vida não onde há esperança de encontrar, mas onde, por você ser uma mulher que ama demais, é mais fácil procurar.

26 de Março
          Nenhum homem jamais será o 'certo' até que curemos aquela parte dentro de nós que foi atraída por uma guerra de vontades, precisa vencer ou perder e culpa o outro por nossos aborrecimentos.

27 de Março
          É irônico que algumas de nós queira viajar para o passado e para o futuro e de um extremidade para outra no planeta em busca de esclarecimento, quando o trabalho ao qual nossa alma deve dedicar-se está bem à nossa frente.

28 de Março
          Nada é destinado a permanecer o mesmo. Se não progredirmos, decaímos.
29 de Março
          Quando ocorre algo que é emocionalmente doloroso e dizemos que é nossa culpa, na verdade estamos afirmando que temos o controle sobre isso: se mudarmos, a dor será interrompida. Esta dinâmica está por trás de mulheres que ama demais. Culpando a nós mesmas, agarrando a esperança de descobrir o que estamos fazendo de errado e então corrigi-lo, controlando, assim, a situação e interrompendo a dor.

30 de Março
          Não entramos acidentalmente num relacionamento significativo. Somos inexoravelmente atraídas por parceiros com os quais temos a oportunidade de aprender as mais prementes lições pessoais e interpessoais. Reconhecendo que não somos vítimas, mas voluntárias, os desafios que o amor nos oferece podem acelerar o aprendizado de tais lições.

31 de Março
          A medida que avançamos para a recuperação, nenhum passo é realmente pequeno, porque cada um deles muda a direção de nossa vida.

LEMA DO MÊS DE MARÇO

 PRIMEIRO AS PRIMEIRAS COISAS

               Este lema nos sugere a adoção de um método muito simples, porém eficaz, de ordenarmos nossas atividades ou a solução de nossos problemas, de forma a agirmos com equilíbrio e sensatez. Se procurarmos ter calma e examinarmos cuidadosamente, veremos que, de acordo com as circunstâncias, haverá sempre uma coisa que deverá ser feita em primeiro lugar e as demais deverão aguardar a sua vez, segundo a ordem de importância ou de urgência em que devam ser realizadas.

Fonte : Apostila de Passos - Mada Rj

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

AVISOS DO MÊS DE FEVEREIRO DE 2017

Resumo dos Avisos do Mês
Obs: para visualizar TODOS os avisos, clique aqui

Site Mada Brasil
Reunião de Intergrupo:  12 de  Março - Domingo às 13:30 - Sala do Grupo "Só por Hoje".
LocalizaçãoMapa


REUNIÃO TEMÁTICA
Tema: Anonimato
Local: Grupo Leblon
Data14 de Fevereiro - 3ª Feira
Horário: das 18:30 às 20:30 
LocalizaçãoMapa




FUNCIONAMENTO DOS GRUPOS NO PERÍODO DE CARNAVAL



Quinta-feira pré Carnaval: 23 de fevereiro 
Grupo Freguesia: Estará fechado.
Grupo Flamengo: Aberto, funcionando em horário normal.

Sexta-feira  pré Carnaval: 24 de fevereiro 
Grupo Barra da Tijuca: Aberto, funcionando em seu horário normal.
Grupo Gávea: Aberto, funcionando em horário normal.

Sábado de Carnaval : 25 de fevereiro
Grupo Nova Iguaçu: Estará fechado
Grupo "Só por hoje": Aberto em horário especial: a reunião será de 16:00h às 18:00h

Domingo de Carnaval: 26 de fevereiro
Grupo Tijuca: Estará fechado.
Grupo Barra da Tijuca: Aberto, funcionando em horário normal.

Segunda-feira de Carnaval: 27 de fevereiro
Grupo Andaraí/Tijuca: Estará fechado.
Grupo Centro: Estará fechado.
Grupo Alcântara: Estará fechado.

Terça-feira de Carnaval: 28 de fevereiro
Grupo Leblon :Estará fechado.
Grupo Penha: Aberto, funcionando em horário normal.

Quarta-feira de Cinzas: 1º de março
Grupo Campo Grande: Estará fechado.
Grupo Méier: Estará fechado.
Grupo Niterói Centro: Estará fechado.

Quinta pós carnaval: 02 de março
Grupo Flamengo: Aberto, funcionando em horário normal.
Grupo Freguesia: Estará fechado.



AVISOS MÊS: MARÇO/2017


Grupo Campo GrandeNo dia 22/03/2017 - a reunião será comemorativa de 3 anos de sala aberta, com depoimento longo de uma companheira de MADA.


Saiba mais sobre nossos Eventos